Sunday, November 26, 2006

O cão deitou-se vestido ao tanque. Breve frase da qual não pretendo reivindicar posse, nem cometer plágio em relação, e que, salvo erro, aparece assim com um qualquer vocativo anterior de menor importância.
É apenas uma sugestão de reflexão, dado a vossa pouca ingenuidade comparada com a do fraseador. Se bem que os cães não apoiem esta causa.

Saturday, September 23, 2006


Ontem ia fazendo uma amiga, em vez disso, comecei a ler a Nova Gente.
Ambas eram inúteis.


Now she's gone, love burns inside me

Friday, September 08, 2006

Encarnaria, hoje, a personagem perfeita de um film noir, grave e misteriosa

a melancolia que me rodearia seria feita de paixões, ilusões e cabarets nocturnos, enquanto que as pessoas seriam apenas silhuetas cruzadas em desprezo exterior

incómodos, homens, abordar-me-iam com bebidas exóticas e dormentes...,

mas nada mais sairia de mim além do fumo de cigarro

e essa mesma barreira transparente

Friday, September 01, 2006

Dada a conversa de hoje à noite, só me apetece comer cereais de um capacete de protecção, mesmo em frente a um edíficio incompleto no decorrer de obras públicas.

Wednesday, August 30, 2006

A todas aquelas pessoas que me confundem com uma criança de 17 anos, só digo isto

They only want you when you're seventeen
When you're twenty-one
You're no fun


:p

Wednesday, August 23, 2006

Antes de iniciar os devaneios madrilenos, vou cantarolar esta música até indecentemente adormecer

need you
dream you
find you
taste you
fuck you
use you
scar you
break you
lose me
hate me
smash me
erase me

por isso não esperem por mim.